CONGRESSO NACIONAL DE EMERGÊNCIA MÉDICA PRÉ-HOSPITALAR PELA 1.ª VEZ NA MADEIRA

CONGRESSO NACIONAL DE EMERGÊNCIA MÉDICA PRÉ-HOSPITALAR PELA 1.ª VEZ NA MADEIRA

Home / News / CONGRESSO NACIONAL DE EMERGÊNCIA MÉDICA PRÉ-HOSPITALAR PELA 1.ª VEZ NA MADEIRA
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O evento ocorrerá nos dias 15, 16 e 17 de novembro, terá a abertura na ilha da Madeira e o encerramento na ilha do Porto Santo. Pela 1ª vez na Madeira, o Congresso Nacional de Emergência Médica Pré-Hospitalar será sob o lema “este mar que nos une”.
Esta é a primeira iniciativa do género realizada na Madeira e Porto Santo, devendo juntar muitos profissionais do serviço pré-hospitalar ao nível nacional. Marca, também, a organização conjunta do Serviço Regional de Protecção Civil, IP-RAM e o INEM – Instituto Nacional de Emergência Médica que, em 2017, assinaram um protocolo de colaboração que “tem por objetivo fomentar a cooperação entre as duas entidades, nos variados domínios da emergência médica pré-hospitalar”, informou a instituição liderada por José Dias.
O Congresso Nacional de Emergência reúne um leque de profissionais oriundo de várias áeras geográficas do país, todos ligados à emergência pré-hospitalar, como sejam os casos de Luís Meira (Presidente INEM), José Dias (Presidente SRPC), Manuel Antunes (Cirurgião Cardiotorácico), António Brazão (Coordenador SEMER), Carlos Freitas (enfermeiro especialista do SRS) e ainda os especialistas e instrutores Itamar Ashkenazi (Medical Response to Major Incidents -MRMI) e Luís Vale, médico e Instrutor do Medical Response to Major Incidents (MRMI). Carlos Mesquita, Presidente Sociedade Europeia de Trauma e Cirurgia Emergência, e João Morais, Presidente Sociedade Portuguesa de Cardiologia, são outros dos oradores convidados. Completam o painel de oradores Leonardo Ribeiro, adjunto Coordenador do SEMER e Nélson Bettencourt, formador no Serviço regional de Proteção Civil (SRPC).
Segundo a informação disponibilizada, este é o 1.º encontro nacional de Emergência na RAM, num debate nacional de tês dias, com perto de 30 palestrantes. Ao todo, espera-se um total de 300 participantes.
O programa foi idealizado de “forma a garantir a maior abrangência possível, e serão tratados alguns temas como a PCR, o trauma, as vias verdes, a catástrofe e as novas tecnologias ao serviço da emergência”, adiada o Serviço Regional de Proteção Civil. Ainda no decorrer do congresso, o SRPC e INEM vão realizar “um exercício ‘Mass Rescue Operation’ a bordo de um navio, pela originalidade e elevada logística empenhada, espera-se poder corresponder a um momento de elevado interesse”.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.